QUE COMPETÊNCIAS SÃO NECESSÁRIAS PARA INICIAR UMA CARREIRA NO COACHING?

Todas as profissões têm algumas particularidades que são cruciais para que a carreira possa fluir com alguma naturalidade. O coaching não é exceção. Para que tenhas a capacidade de realmente construir uma carreira (não fazer umas sessões de coaching aqui e acolá), existem 3 características que considero essenciais – e são exatamente estas características que quero partilhar contigo neste artigo.

Não te assustes: estas características que vão enumerar não são necessariamente extraordinárias ou impossíveis de alcançar. São particularidades que podes desenvolver, adquirir e, inclusive, treinar com o decorrer da nossa carreira. Vamos conhecê-las?

 

3 capacidades essenciais para iniciar uma carreira no coaching

Capacidade de ter uma escuta empática.

Eu sei que provavelmente já deves ter ouvido falar sobre escuta ativa e os seus benefícios e, no coaching, este comportamento é obrigatório. Se não tiveres a capacidade de estar realmente conectado com a outra pessoa, de ouvir genuinamente aquilo que ela tem para dizer e ver, inclusive, para além das partilhas e histórias que o teu cliente traz para as sessões, então o coaching não será o teu caminho. Se não tiveres realmente esta atenção acrescida ao verbal e não verbal do teu cliente, vais simplesmente ouvir aquilo que as outras pessoas ouvem, o que, consequentemente, faz com que não sejas capaz de direcionar o teu coachee.

Existem pessoas que têm esta capacidade de uma forma mais natural e outras que, obviamente, vão apurando esta particularidade ao longo da sua carreira, até porque existe essa liberdade. Ainda assim, pelo menos, ser capaz de escutar atentamente ao longo de toda a conversa é imperativo.

Ter uma curiosidade genuinamente sobre aquilo que está por detrás do comportamento do outro.

Esta capacidade consiste em realmente seres capaz de eliminar todos os filtros de julgamento e convicções que possas ter, e olhar para o teu cliente com uma curiosidade genuína acerca daquilo que efetivamente o motivou a ter determinado comportamento. Esta curiosidade, quando é genuína, é percebida para o teu coachee como uma forma de acolhimento, que faz com que o teu cliente ganhe ainda mais conforto e confiança para as próximas partilhas.

Esta vontade de perceber o que está por detrás é determinante. Aliás, eu sinto que efetivamente esta é aquela característica que é transversal a todos os grandes coaches, não só no tratamento do cliente, mas também no seu quotidiano. As pessoas com capacidades para iniciarem a sua carreira como coach não partem para o julgamento nas suas conversas; não têm tendência a procurar aquilo que de malicioso possa existir – só querem realmente compreender o que é que levou àquele comportamento. Compreender, no fundo, qual é o seu modelo do mundo e a sua visão.

Visão empreendedora

Para mim, um coach de sucesso tem de ter a capacidade de olhar para a sua paixão com racionalidade e com uma perspetiva de negócio. Ter, acima de tudo, a capacidade básica de perceber, por exemplo, como é que angaria clientes, quanto é que custa um cliente, o que pode fazer para melhorar determinado campo, que estratégias posso aplicar para ter mais recorrência, etc.

E sim, obviamente que esta é uma vertente mais técnica e que exige estudo, pelo que se todos estes conceitos são completamente desconhecidos para ti, não te preocupes. Compreende apenas que são elementos que serão essenciais no teu caminho e que, por isso mesmo, é essencial que tenhas, no mínimo, interesse em saber mais e em alimentar esta componente do teu negócio que tem, obviamente, um papel gigantesco naquele que é o teu sucesso. Afinal, de que é que te adianta seres o melhor coach do mundo se não conseguires chegar aos potenciais clientes? Inclusive, deixa-me dizer-te que, perante a minha experiência, quem não tem esta visão, por norma, desiste a meio do percurso.

Mais: é essencial que, dentro desta visão empreendedora, tenhas também a capacidade de persistir, de ir à luta, de realmente não desistir ao primeiro obstáculo. Para mim, empreendedorismo também é saberes olhar para os erros como uma forma de aprendizagem, que te permite evoluir na direção do profissional que realmente ambicionas ser.

Partilhadas aquelas que são as três características que considero fundamentais, quero dizer-te que algo igualmente essencial para iniciares a tua carreira como coach é uma excelente formação; formação que, acima de tudo, esteja ligado a um método. Um método é uma ferramenta fulcral para conseguires criar um processo de coaching sólido e consistente, que permita levar o teu cliente do ponto A ao B sem desvios e hesitações. Se queres investir na formação certa, com a metodologia certa, desafio-te a inscreveres-te na nossa Certificação Eneacoaching 2.0. Fala com a nossa equipa e dá o passo que te pode permitir viver de coaching!

Related Articles

Responses

O seu endereço de email não será publicado.